Crisântemo: cores, cultivo (chrysanthemum morifolium)

O crisântemo, também conhecido pelo nome científico Chrysanthemum morifolium, é uma planta ornamental muito popular em todo o mundo devido à sua beleza e variedade de cores. Ele pertence à família Asteraceae e é nativo da Ásia e da Europa. Com uma grande diversidade de espécies e cultivares, o crisântemo oferece uma ampla gama de opções para os amantes de plantas.

Qual o significado da flor crisântemo?

O crisântemo é uma flor de significado simbólico profundo em várias culturas ao redor do mundo. Alguns dos significados mais comuns associados à flor de crisântemo são:

  1. Longevidade: O crisântemo é frequentemente associado à longevidade e à vida longa. Na cultura japonesa, por exemplo, a flor é considerada um símbolo de imortalidade e é usada para comemorar o Festival dos Mortos.
  2. Honra e respeito: Na cultura asiática, o crisântemo é um símbolo de honra, nobreza e respeito. É uma flor reverenciada, sendo frequentemente usada em cerimônias, como casamentos, funerais e festivais tradicionais.
  3. Renovação e ressurreição: Em algumas culturas, o crisântemo é associado à renovação e ressurreição. Por florescer no outono, quando muitas outras plantas estão murchando, a flor de crisântemo é vista como um símbolo de renascimento e esperança.
  4. Amizade e amor: O crisântemo também pode simbolizar amizade, amor e afeto. É uma flor frequentemente trocada como presente para expressar sentimentos de amizade sincera, gratidão e amor duradouro.
  5. Proteção e boa sorte: Em algumas culturas, acredita-se que o crisântemo tenha propriedades protetoras e traga boa sorte. É colocado em jardins e residências para afastar energias negativas e atrair boas vibrações.
Crisântemo

É importante ressaltar que o significado atribuído ao crisântemo pode variar de acordo com a cultura e as tradições locais. Portanto, o significado da flor de crisântemo pode ter nuances diferentes em diferentes partes do mundo.

Características da planta Crisântemo (chrysanthemum morifolium)

Uma das características mais marcantes do crisântemo são suas flores. Elas são compostas por uma inflorescência formada por várias flores menores agrupadas em uma estrutura semelhante a um capítulo. Essas flores podem apresentar diferentes formas, como simples, duplas, em forma de pompons, em forma de aranha e muitas outras variações. Além disso, a variedade de cores é impressionante, incluindo tons de branco, amarelo, laranja, rosa, vermelho, roxo e até mesmo verde.

Confira:  Alamanda roxa: características (Allamanda blanchetti)
Crisântemo

O crisântemo é apreciado tanto como planta de jardim quanto como flor de corte. No jardim, ele pode ser cultivado em canteiros, bordaduras, maciços ou em vasos. Como flor de corte, é muito utilizado em arranjos florais, buquês e decorações.

A época de floração do crisântemo varia de acordo com a espécie e a região, mas geralmente ocorre no outono. Para prolongar a floração, é recomendado remover as flores murchas para estimular o surgimento de novas.

É importante ressaltar que o crisântemo é tóxico para animais de estimação, como cães e gatos, se ingerido em grande quantidade. Portanto, é necessário tomar cuidado ao cultivar essa planta em locais onde os animais possam ter acesso.

O crisântemo é uma planta ornamental muito apreciada por sua beleza e variedade de cores. Com uma infinidade de formas e tamanhos de flores, essa planta é capaz de adicionar um toque especial aos jardins, vasos e arranjos florais. Com os cuidados adequados, o crisântemo pode trazer alegria e encanto aos ambientes durante a sua época de floração.

Crisântemo

Crisântemo branco

O crisântemo branco possui flores de pétalas brancas e geralmente uma estrutura central amarela, conhecida como disco floral. Suas flores podem apresentar diferentes formas, desde as tradicionais com pétalas largas até as variedades mais modernas, com pétalas mais finas e dispostas de forma mais compacta.

Crisântemo

Crisântemo amarelo

Existem várias variedades de crisântemo amarelo, com diferentes formas e tamanhos de flores. Algumas possuem pétalas lisas e outras apresentam pétalas dobradas ou em forma de pom-pom.

Crisântemo roxo

As tonalidades de roxo podem variar desde tons mais suaves e claros até roxos intensos e profundos.

Confira:  Arbustos - 161 nomes para plantar no seu jardim

Rosa

O crisântemo rosa é uma variedade encantadora dessa flor tão apreciada. Suas características distintas e atraentes o tornam uma escolha popular para decoração de jardins, buquês e arranjos florais.

Crisântemo

Mini

O crisântemo mini, também conhecido como crisântemo em miniatura, é uma versão compacta e menor do crisântemo tradicional. Essa variedade encantadora possui flores em miniatura, mas mantém as características distintas do crisântemo, como pétalas delicadas e coloridas.

O crisântemo mini é caracterizado por seu porte pequeno e compacto. Suas plantas geralmente não ultrapassam 30 cm de altura, tornando-as perfeitas para vasos, jardins de rochas e arranjos florais em pequena escala.

A característica mais marcante do crisântemo mini são suas flores em miniatura. Elas são menores do que as flores das variedades tradicionais de crisântemo, mas mantêm a forma característica de pompons ou margaridas. As flores podem ser encontradas em diversas cores, como branco, amarelo, rosa, vermelho e laranja.

Como cultivar e cuidar da planta?

Em termos de cuidados, o crisântemo é uma planta relativamente fácil de cultivar, mas existem algumas recomendações importantes. Ele prefere sol pleno ou meia sombra, com pelo menos algumas horas de sol direto por dia. O solo deve ser bem drenado e rico em matéria orgânica. A rega deve ser feita regularmente, mantendo o solo levemente úmido, mas evitando o encharcamento.

Veja o passo a passo de como cultivar a Crisântemo:

  1. Escolha do local: Os crisântemos preferem sol pleno ou meia sombra. Escolha um local que receba pelo menos algumas horas de sol direto por dia.
  2. Preparação do solo: O solo deve ser bem drenado e rico em matéria orgânica. Antes de plantar, adicione composto orgânico ou húmus de minhoca ao solo para melhorar sua estrutura e nutrição.
  3. Escolha das mudas: Opte por mudas saudáveis de crisântemos em um viveiro confiável. Certifique-se de que as mudas tenham folhas verdes e sem sinais de doenças ou pragas.
  4. Plantio: Cave um buraco no solo com profundidade suficiente para acomodar a muda. Retire a muda do recipiente com cuidado e coloque-a no buraco, nivelando-a com o solo ao redor. Preencha o restante do buraco com terra e pressione suavemente para firmar a muda.
  5. Rega: Após o plantio, regue generosamente para garantir que o solo fique úmido. Depois disso, regue regularmente, mantendo o solo levemente úmido, mas evitando o encharcamento.
  6. Adubação: Durante o período de crescimento ativo, aplique um fertilizante balanceado específico para plantas com flores. Siga as instruções do fabricante para a dosagem correta. Evite a aplicação excessiva de fertilizantes, pois isso pode prejudicar a planta.
  7. Poda: Para incentivar a ramificação e a floração mais abundante, faça podas leves nos brotos laterais conforme a planta cresce. Remova as flores murchas para estimular o surgimento de novas flores.
  8. Proteção contra pragas e doenças: Monitore regularmente a planta em busca de sinais de pragas como pulgões, cochonilhas ou ácaros. Se necessário, utilize inseticidas naturais ou específicos para combater as pragas. Além disso, evite regar as folhas, pois isso pode favorecer o desenvolvimento de doenças fúngicas.
  9. Inverno: Em regiões mais frias, o crisântemo pode não ser resistente ao inverno. Nesse caso, você pode optar por cultivá-lo em vasos e levá-lo para um local protegido durante os meses mais frios.
  10. Divisão e replantio: A cada dois ou três anos, você pode fazer a divisão das touceiras de crisântemo para renovar as plantas e evitar o congestionamento das raízes. Faça isso na primavera, após a floração, quando as mudas estão começando a brotar.
Confira:  Plantas para vaso - 35 Ideias, vaso grandes e pequenos

Seguindo esses passos, você terá sucesso no cultivo dos seus crisântemos e poderá desfrutar de suas belas flores coloridas durante a estação de floração. Lembre-se de adaptar as orientações às condições específicas da sua região e fornecer os cuidados adequados ao longo do tempo.

Este artigo foi útil para você? avalie usando as estrelas abaixo, deixe um comentário com sua opinião, compartilhe nas redes sociais com amigos e não se esqueça de conferir nossos outros artigos sobre plantas, flores, jardinagem e paisagismo.

Avalie este artigo
Compartilhe nas suas redes sociais!
Edward

Edward

Mais um apaixonado por jardinagem que adora compartilhar conhecimento!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *