Penicilina: características da planta (Alternanthera brasiliana)

A Penicilina de nome cientifico (Alternanthera brasiliana), é uma planta ornamental da família do Amaranthaceae. Ela é originária das florestas da América do Sul e América Central. Pode ser confundida com a Alternanthera dentata, pois é muito semelhante em aparência.

Características da Penicilina (Alternanthera brasiliana)

Penicilina é uma planta herbácea ereta e extensa, que pode alcançar até 3 metros de altura, embora normalmente seja menor quando cultivada. Seus caules, que podem ser vermelhos, verdes ou roxos, são delicadamente peludos quando jovens, mas vão perdendo essa pelagem conforme envelhecem.

Penicilina Alternanthera brasiliana

Suas folhas opostas, de tamanho variando entre 1 a 10 cm de comprimento e 0,7 a 5 cm de largura, geralmente possuem manchas roxas ou roxo-avermelhadas. Ela pode perder algumas folhas no inverno, tornando-se parcialmente caducifólia em locais com invernos leves.

As flores de cor de baunilha são agrupadas em cachos compactos de 7-20 mm de comprimento e são pequenas. Esses cachos são arredondados para uma forma ligeiramente alongada e são dispostos em hastes de 3 a 10 cm de comprimento.

Ela pode florescer a qualquer época do ano, mas em climas subtropicais e temperados floresce mais frequentemente no inverno. Seu fruto marrom muito pequeno (1,5-2 mm de comprimento) contém uma semente que geralmente fica escondida nas partes mais velhas da flor.

Penicilina Alternanthera brasiliana

Ela também é conhecida pelos nomes populares Perpétua-brasileira, Lutiela, Caaponga, Anador, Periquito-gigante, Melhoral, Terramicina, Cabeça-branca, Carrapichinho, Carrapichinho-do-mato, Ervanço, Nateira, Perpétua, Perpétua-do-brasil, Perpétua-do-mato, Quebra-panela, Sempre-viva, Acônito-do-mato, Infalível e Doril.

A planta é nativa do Brasil, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Guianas, Nicarágua, Belize, Guatemala, México e Caribe.

Como cultivar passo a passo

Alternanthera brasiliana é usada como planta ornamental, com muitas variedades, como ‘Purple Prince’ e ‘Little Ruby’ (este nome também é usado para variedades de Alternanthera dentata que se parecem). Ela também é frequentemente colhida na natureza para uso regional como alimento e medicamento, onde é usada como agente antiviral e antidiarreico.

Ela prefere crescer em solos úmidos e bem drenados, e se multiplica facilmente através da auto-semeadura. Também pode ser facilmente propagada através de estacas.

  • Se adapta bem em diversos solos mas prefere os que sejam ricos em matéria orgânica e que sejam úmidos.
  • Deve ser cultivada sobre sol pleno ou meia sombra.
  • Não tolera frio intenso ou estiagem.
  • Multiplica-se por sementes e estaquia.

Veja este vídeo com mais dicas de cultivo.

Vídeo detalhado de como plantar Penicilina

Este artigo foi útil para você? avalie usando as estrelas abaixo, deixe um comentário com sua opinião, compartilhe nas redes sociais com amigos e não se esqueça de conferir nossos outros artigos sobre jardinagem, plantas e flores, você vai adorar.


Avalie este artigo
Confira:  Bonina: características e cultivo (Bellis perennis)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *